É uma das marcas de padel que mais se movimentou na última metade do ano. Ao contrário da maioria das empresas, que optaram por focar seus lançamentos no primeiro terço da temporada, a Siux optou por uma manobra diferente: a de escalonar as novas pás por mais tempo. Graças a essa estratégia, eles puderam estar na boca de todos os fãs durante a campanha, como eles nos dizem do Padel Nuestro Blog.

Padel World Press .- Seu primeiro modelo ao sair para o mercado foi o Spyder, a arma escolhida por Cristian Gutiérrez para jogar seus primeiros torneios do Paddle World Tour. Depois vieram outras duas pás de seu High Range: Spartan e Alien, com as quais também vimos em ação o "gênio" de Mar del Plata durante suas partidas do WPT.

Não há dúvida. O objetivo do Sioux Paddle Ficou claro: alcançar um maior número de jogadores com o lançamento de todos os tipos de pás. Portanto, eles foram lançados mais tarde no mercado Carbono PlatinumOrigem Verde, Origem Azul, Tsunami 2.0 Vermelho, Tsunami 2.0 Verde, Tsunami 2.0 Senhora, Trilha, SX3, Mulher SX3, Furtive Pro e Infinity.

A maioria deles são modelos conhecidos pelo público em geral e evoluções de suas edições anteriores. No entanto, um dos remos de padel de Sioux que tem atraído a atenção dos fãs desde a sua introdução na sociedade tem sido Black Carbon. É uma pá original e diferente de tudo proposto até agora pela empresa, de que falamos em seu dia e que vamos analisar mais a fundo neste artigo.

Original e diferente

Com a Black Carbon, a marca decidiu dar uma reviravolta no design de suas lâminas, mudando radicalmente sua estética. Foi um facelift que, claro, foi muito bom para a pá, que oferece um design renovado e original.

Como não poderia ser de outra forma, o preto é a cor predominante no Black Carbon, mas, ao contrário do resto das lâminas Sioux, o nome da marca é deslocado para a parte inferior do rosto, enquanto no centro do mesmo logotipo em tons de cinza.

Desta forma, a Black Carbon oferece uma estética minimalista e elegante que fez a diferença com o resto da coleção 2016.

Mas as novidades do Black Carbon não terminam no design. A Siux decidiu fabricar dois modelos diferentes, um em brilho e o outro em mate, para oferecer ao jogador de padel duas propostas diferentes. E não apenas na estética. Companheiro de Carbono Negro y Carbono Preto Brillo Eles podem parecer a mesma pá, mas não são. O comportamento que eles têm dentro da faixa é diferente, conforme explicado abaixo.

O que torna 'mate' ou 'brightness' diferente?

Existe alguma diferença entre os dois além de sua estética? A resposta é sim.

Embora os mesmos materiais de fabricação tenham sido utilizados (carbono e borracha EVA Soft principalmente), a versão Mate está comprometida com um maior equilíbrio de poder de controle devido ao acabamento mate que ele apresenta. Seus rostos são mais duros, então podemos executar mais facilmente o topspin. Quanto às bandejas e aos golpes de direita, sentiremos mais controle em nossas mãos.

Por seu turno, Black Carbon Brillo irá oferecer um poder extra em comparação com a sua 'irmã gêmea'. Ele tem um balanço mais alto e seu acabamento brilhante permite que a bola dispare outra coisa.

Portanto, Siux coloca à disposição do jogador duas pás com traços largos semelhantes, mas com essa diferença que pode nos fazer escolher um ou outro.

Este é o Siux ... Sinta o Padel !!!

* Você pode acompanhar todas as novidades do mundo do remo em nossos perfis de Facebook y Twitter bem como se inscrever para o nosso Newsletter Notícias diárias.

Comentários

comentários